The National Education Board (1929/36) and scientific research in Portugal

Quintino Lopes

Abstract


The Junta de Educação Nacional (National Education Board) (JEN) was created in 1929 during the Military Dictatorship. The purpose of this organization, much favoured by some sectors of Portuguese academiaf and intellectual elite, was the renewal of scientific, pedagogical and national economic policies. Following the example of similar international institutions, such as the Junta para Ampliación de Estudios e Investigaciones Científicas (JAE) of Spain, JEN put in place a set of articulated practices – scholarships at home and abroad, the funding of research centres and the organization of cultural expansion services – targeting the scientific updating and a greater dissemination of Portuguese culture internationally.


References


Baptista, J. (2001), Pela liberdade da Inteligência (cartas sobre a responsabilidade ética, social e política do homem de pensamento), Lisboa: Edições Colibri.

Costa, A. C. (1930), ‘Relatório do vice-presidente do ramo de ciências sobre as necessidades da investigação científica em Portugal’, Junta de Educação Nacional: Relatórios, Propostas e Projecto de Orçamento para o ano económico de 1930–1931, Lisboa: Junta de Educação Nacional, pp. 7–43.

— (1934), A Junta de Educação Nacional, Lisboa: Sociedade de Estudos Pedagógicos.

— (1939), O Problema da Investigação Científica em Portugal, Coimbra: Instituto Para a Alta Cultura.

Fernandes, R. (1983), ‘António Sérgio, Ministro da Instrução Pública’, in F. Catroga and A. J. C. Homem (eds), Revista de História das Ideias do Instituto de História e Teoria das Ideias da Faculdade de Letras de Universidade de Coimbra, vol. 5, Coimbra: Universidade de Coimbra, pp. 603–700.

Fitas, A. J. S. (2012), ‘A Junta de Educação Nacional e a Instalação da Investigação Científica em Portugal no período entre guerras’, in A. J. S. Fitas, J. Príncipe, M. F. Nunes and M. C. Bustamante (eds), A Atividade da Junta de Educação Nacional, Casal de Cambra: Caleidoscópio, pp. 13–36.

— (2013a), ‘A Junta de Educação Nacional e o lançamento das primeiras iniciativas de um plano para investigação científica no país’, in A. J. S. Fitas, J. Príncipe, M. F. Nunes and M. C. Bustamante (eds), A Junta de Educação Nacional e a investigação científica em Portugal no período entre guerras, Casal de Cambra: Caleidoscópio, pp. 49–72.

— (2013b), ‘A influência da Escola de Viena em Portugal no período entre guerras’, Delfim Santos Studies – revista de estudos delfinianos, 1: 1, Abril, pp. 22–51.

Fitas, A. J. S. and Videira, A. A. P. (2004), Cartas entre Guido Beck e cientistas portugueses, Lisboa: Instituto Piaget.

Fontes, V. (1934), Arquivo de Anatomia e Antropologia, vol. XVI, Lisboa: Instituto de Anatomia, pp. 486–88.

Halleux, R. and Xhayet, G. (2007), La liberté de chercher: Histoire du Fonds National Belge de la Recherche Scientifique, Liège: Éditions de l’Université de Liège.

IC Archive (n.d.), Arquivo do Instituto Camões, Fundo da Junta de Educação Nacional.

Instituto para a Alta Cultura (IAC) (n.d.), Relatório dos trabalhos efectuados em 1936, Coimbra: IAC.

Junta de Educação Nacional (JEN) (1930), Relatório dos trabalhos efectuados em 1929–1930, Lisboa: Junta de Educação Nacional.

— (JEN) (1931), Relatório dos trabalhos efectuados em 1928–1929, Lisboa: Junta de Educação Nacional.

— (1932), Relatório dos trabalhos efectuados em 1930–1931, Lisboa: Junta de Educação Nacional.

— (1933), Relatório dos trabalhos efectuados em 1931–1932, Lisboa: Junta de Educação Nacional.

— (1934), Relatório dos trabalhos efectuados em 1932–1933, Lisboa: Junta de Educação Nacional.

— (1935), Relatório dos trabalhos efectuados em 1933–1934, Coimbra: Junta de Educação Nacional.

— (1938), Relatório dos trabalhos efectuados em 1934–1935, Coimbra: Junta de Educação Nacional.

Lopes, Q. (2012), ‘Congressos Científicos: a Junta de Educação Nacional e as Redes Internacionais de Comunicação em Ciência’, in A. J. S. Fitas, J. Príncipe, M. F. Nunes and M. C. Bustamante (eds), A Atividade da Junta de Educação Nacional, Casal de Cambra: Caleidoscópio, pp. 149–75.

— (2013), ‘A Junta de Educação Nacional (1929/36) e as bolsas de estudo no país: mérito científico num Portugal de feição europeia’, Actas do II Congresso de História Contemporânea, 16–18 Maio (Rede de História Contemporânea), Évora: Universidade de Évora (in press).

Maddison, A. (1981), ‘La política económica y sus resultados en Europa (1913–1970)’, in C. M. Cipolla (ed.), Historia económica de Europa (5): El siglo XX, Barcelona, Caracas and México: Editorial Ariel, pp. 46–112.

Nunes, M. F. (2008), ‘História da Ciência em Portugal’, in A. J. S. Fitas, M. A. E. Rodrigues and M. F. Nunes, Filosofia e História da Ciência em Portugal no século XX, Casal de Cambra: Caleidoscópio, pp. 213–70.

Ocón Cabrera, L. L. (2007), ‘Enseñar a investigar: la influencia de Cajal en los laboratorios de la JAE’, Revista de Educación (Nº Extraordinario: ‘Reformas e innovaciones educativas (España, 1907–1939) En el Centenario de la JAE’), pp. 67–89, http://www.revistaeducacion.mec.es/re2007.htm. Accessed

October 2010.

Ó, J. R. (1999), Os anos de Ferro. O dispositivo cultural durante a ‘Política do Espírito’ 1933–1949: Ideologia, instituições, agentes e práticas, Lisboa: Editorial Estampa.

Rollo, M. F., Queiroz, M. I., Brandão, T. and Salgueiro, Â. (2012), Ciência, Cultura e Língua em Portugal no Século XX. Da Junta de Educação Nacional ao Instituto Camões, Lisboa: Instituto Camões, Imprensa Nacional – Casa da Moeda.

Sánchez Ron, J. M. (n.d.), ‘La Investigación Científica en España: de la revolución de 1868 al Consejo Superior de Investigaciones Científicas’, http://www.cuentayrazon.org/revista/pdf/046/Num046_005.pdf. Accessed 27 October 2010.

Siegmund-Schultze, R. (2001), Rockefeller and the Internationalization of Mathematics Between the Two World Wars: Documents and Studies for the Social History of Mathematics in the 20th Century, Basel, Boston and Berlin: Birkhauser Verlag.

Viñao, A. (2007), ‘Presentación’, Revista de Educación (Nº Extraordinario: ‘Reformas e innovaciones educativas (España, 1907–1939) En el Centenario de la JAE’), pp. 11–20, http://www.revistaeducacion.mec.es/re2007.htm. Accessed 27 October 2010.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.